Sexta, 13 de dezembro de 2019
69 984098689
Brasil

15/04/2019 ás 18h58

445

Tiger

Nova Brasilândia / RO

Agricultor tem pé decepado por roçadeira e morre na BR-317 em busca por socorro
Brasiléia/Acre: O agricultor Ademar dos Santos Silva, de 47 anos, que morava no km 52 da BR-317 (Estrada do Pacífico)
Agricultor tem pé decepado por roçadeira e morre na BR-317 em busca por socorro

Brasiléia/Acre: O agricultor Ademar dos Santos Silva, de 47 anos, que morava no km 52 da BR-317 (Estrada do Pacífico), estava trabalhando em uma roçagem de cerca distante aproximadamente 5 km de sua casa, teve quase todo o pé decepado quando uma das lâminas cortou próximo ao tornozelo direito.

‘Mazinho’, como era conhecido, cuidava de um comercio localizado às margens da BR 317, juntamente com sua esposa e filhos. As informações ainda são desencontradas, mas, o mesmo teria tentado dirigir até a cidade sozinho e morreu dentro do próprio veículo após perder muito sangue.


Segundo as primeiras informações obtidas com o agente da Polícia Civil de Brasiléia, que está cuidando do caso, a vítima estaria trabalhando em uma cerca e fazia a roçagem no local, quando uma das lâminas bateu em algo e soltou.

O corte acertou praticamente na articulação do pé e cortou quase por completo. Mazinho ainda teve tempo de chegar numa casa próxima e pediu socorro para que alguém dirigisse sua pick-up até o hospital, já que perdia muito sangue.

Como teria de esperar um pouco até a chegada do filho da senhora, resolveu ir por conta própria, mas, logo a frente teria perdido a consciência e desmaiou. A mulher correu até a sua casa cerca de 5 km do local e chamou por seu cunhado.

Quando chegaram ao carro, já teriam encontrado o colono sem vida. A Lâmina da roçadeira foi localizada na carroceria do carro e o corpo de Mazinho foi levado para o hospital de Brasiléia, onde os familiares e amigos aguardavam a decisão das autoridades para saber se seria transladado para o IML na Capital.

Até o momento, os agentes civis estão trabalhando com a primeira hipótese de fatalidade.

FONTE: Ac24horas

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados